Amazon Warriors! - BENEFIT EVENT

Saturday, 9 March

Amazon Warriors! - BENEFIT EVENT

Short url: 

https://squ.at/r/6tql

xxxxxxx EVENTO BENEFICENTE PARA ASSOCIAÇÃO INDÍGENA KORINA JURUNA DA VOLTA GRANDE DO XINGU xxxxxxx
A mega construção da hidrelétrica de Belo Monte no estado do Pará, Brasil, transfigurou todo o curso de vida do rio Xingu e do que o rodeia. A fauna e a flora foram afetadas com mudanças irreversíveis a biodiversidade da Volta Grande do Xingu. Mais de quinze comunidades indígenas perderam a possibilidade de exercer a pesca, sua maior forma de alimentação e sustento, devido as mudanças ambientais causadas pela construção da hidrelétrica. Já não bastaram os mais de 500 anos de exploração e genocídio pela mão do Império e das ditaduras militares, atualmente ainda há a pressão dos mais recentes governos neoliberais do Brasil para continuar a extorsão da Amazônia. Mas a luta indígena ainda não acabou.

As comunidades mais afetadas foram a Juruna e a Arara da Volta Grande do Xingu. A associação indígena Korina Juruna da aldeia Pakissamba (AIKOJUPA) apoia o CINE-VGX, Cineastas Indígenas da Volta Grande do Xingu. Já o CINE-VGX proporciona a oportunidade para que os membros dessas comunidades possam realizar diversos documentários e filmes por ano, sendo estes filmes uma ferramenta para os indígenas denunciarem a sua situação problemática no Xingu após a construção da hidrelétrica. Porém pela falta de verba, as condições da ilha de edição do CINE-VGX estão em condições precárias, precisando até mesmo de um novo telhado por conta de goteiras.

O evento benefit vai doar os fundos arrecadados para que a Associação Korina Juruna possa consertar e melhorar a tenda de edição dos indígenas. Queremos que a produção de filmes dos indígenas da comunidade Juruna continue!

A partir das 16:00 teremos documentários e debates >>>>

--- A Última Volta do Xingu (2015), de Kamikia Kisedjê e Wallace Nogueira
--- Estréia de História do Antes (2019), o mais novo documentário da cineasta juruna, Arlete Juruna (da aldeia Paquiçamba, que faz parte da área número 1 de impacto de Belo Monte).

A SEGUIR >>>>

--- Ensaio aberto com Ritmos de Resistência, onde todxs vão poder se juntar e criar música.
--- Concerto da banda brasileira Mundiá, que vai tocar um carimbó super maneiro para gentchy!
--- Baque do Tejo, batucada pra sentir as batidas do batuque no peito e celebrar a luta indígena
--- John Douglas, nativo amazônico, da cidade de Vilhena, Rondônia, vai nos levar numa viagem psicodélica para os sons mais escondidos do mato!
--- Jantar
--- Brigadeiro e Monteiro Lopes
--- CAPIRINHASSSS!!!!1111!! PIRATXS AAAAAAAAA!!!

DEPOIS DO JANTAR >>>> mexemos as bundas para a cave para escutar os sons electro ancestrais dos nossos DJ's

--- Ritmos Cholulteka
--- Muamba Masala

xxxxxxx Contra todos os fascismos, contra o capitalismo, contra o neoliberalismo, contra qualquer tipo de exploração; do lado dos oprimidos e esquecidos: agora e sempre seremos Resistencia. xxxxxxx

"Todos (em America) temos algo de sangue originário, alguns nas veias, outros nas mãos" (Eduardo Galeano)

SANGUE INDÍGENA, NENHUMA GOTA A MAIS!

Para quem quer entender um pouco mais sobre a situação atual do Xingu:
Documentário Belo Monte, Anúncio de uma Guerra, 2012, Andre D'Elia
https://www.youtube.com/watch?v=091GM9g2jGk [l.facebook.com/l.php?u=https%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3D091GM9g2jGk%26fbclid%3DIwAR02DirgAGMffLSVEU8PPRknsAimZk2OcdWwNIFqvNZmj2REshHq5zzgJxg&h=AT0yOavSPmOf-gVo9DXKOeKT3yLeS3vy0ThoetRhmAbZaA_cVtRhwWb8nnBSmAt4_V1WUfJ3fj7fi-DS_aQKSbjlOHpIG_zod44nOY7z7acvYGl-9NHZuZBR2j3gYQE3MVKANOeFHw]

ARTISTAS:


Sambacção - Ritmos de Resistência Lisboa

A banda SambAcção, de Lisboa, faz parte dos Rhythms of Resistance (RoR), uma rede transnacional de bandas de samba que partilham uma orientação política comum e que fazem uso do samba em manifestações e iniciativas de acção directa.

“Somos uma rede internacional activista anti-capitalista que usa samba como uma forma de fazer acção política. Usamos tactical frivolity (criação de um ambiente colorido, festivo, extravagante), inspirados pelo carnaval, para confrontar e criticar os sistemas de dominação e apoiar directamente tod@s aquel@s que lutam contra a exploração, discriminação e opressão. Rejeitamos qualquer falsa oposição entre militância e formas creativas de resistência. Mesmo que sejamos bandas diferentes, operando de uma forma descentralizada, esforçamos-nos por maximizar a participação no nosso processo colectivo. Vem connosco! Temos tudo pelo qual tocar.”

https://ritmosresistencia.wordpress.com/about/ [l.facebook.com/l.php?u=https%3A%2F%2Fritmosresistencia.wordpress.com%2Fabout%2F%3Ffbclid%3DIwAR2V1bj96K69ACK2aFgbyKVDsSuM8gPwTgfA5vfTZtsl6PqJF4xepaMW3zE&h=AT2fKFRcuiFqQtvWxnjVzyVMM6DdYQOzodc59hf_SZ2G0W__hAGmSYxLv3cmSDgzDOSmxVNMeVokLDfEoCh4EOlHYFytzXtkOccVHdgfErEZUijQ1u3j40eikjUsvkQAoVgoTXRJbA]


Mundiá

Grupo de Carimbó e músicas do Norte deste Brasil em geral.

Jhon Douglas

Jhon Douglas é multiartista. suas visões de mundo aparecem nas pinturas distribuídas por galerias e museus, nas produções audiovisuais e composições musicais que estão espalhados por vários lugares no Brasil, México, Paraguay e também aqui em Portugal.
Vivendo atualmente em Lisboa e finalizando o seu primeiro registro musical independente, com o EP que leva o nome “MATO”, Jhon apresenta suas canções com seu violão de forma intimista, cantando as diferenças culturais na relação entre Europa e a Amazônia brasileira.
Letras que fazem refletir sobre os comportamentos do mundo atual, a velocidade da modernização e, como diz na sua terra, “cutucando a onça com vara curta” como forma de provocar a classe artística. tudo isso com a energia que levam todo para um grande passeio pelo mato!

+ INFO
Artista não faz curva (Ao vivo) - https://www.youtube.com/watch?v=5RfADwWwbEM [l.facebook.com/l.php?u=https%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3D5RfADwWwbEM%26fbclid%3DIwAR0tt_8R0VK2iNtdcSMyeVpdmY1QblNUh3bI_R_NU0XPdz90OYVy5jvELG8&h=AT23i0fm4x3Ar_y2kdRNShAuy8iC_WOVlD7YNYwaQtJ2UIrglyZat8VYDW9z9jwQh0Ws6XCVBPS48gyS3uWer7jPSXoEGNX-C0RxRpR7tkoprIIC6AWoFin8ICkg0iPHpoaLm7qNxA]
Neuziana - https://sptfy.com/1csM [l.facebook.com/l.php?u=https%3A%2F%2Fsptfy.com%2F1csM%3Ffbclid%3DIwAR1raom5gJRAEv2K-6jFwthaD5OR_hY9TPO7FjtP_kQcp2CzAlg3Pn9jNsE&h=AT2WyOtrFJw91RUowQ1KbPBm2dscse6M-DlX4KJyUJQsEis8VX_M1o0MrMh7tv2COj18kqnKMtgcccur3iCzWDgPO8wzsgkllb2o8w_pXBy7jrcbGSu5tQs4_TZjSD0KNgaenVgKNw]
Jhon Douglas & Jungle Boys www.instagram.com/jungleboyslisboa [l.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fwww.instagram.com%2Fjungleboyslisboa%3Ffbclid%3DIwAR3lLQU8oVmDItTzHyeDTsCDn1kIjQrcqROM4VA3Tf1HAxheBKOHLkbroTY&h=AT07TYrn40U9FcZJi5vEP67LI4XevH-jjySQOVtC5AjyCvm0qhmFYVv-3A--d6Wp7aYfnJkMJXfaLnriVP8Q4UXJAyCd-3KpmXSnEuipjd6MfNe8GUTAIz-tsL9CZnN8ekQctYZ8zQ]
www.jhondouglas.com [l.facebook.com/l.php?u=http%3A%2F%2Fwww.jhondouglas.com%2F%3Ffbclid%3DIwAR2VonDBX4Q2BCr4m5vVJHl_SXxYqs4pl13ySEUypuHbQGOS3MtdidzBvR0&h=AT2FecvYMC37g43iJcP4AN-b5inbPqK1RWyq9hQEgFF97NsooPoqOcpxCjLjWF4UY5N4akJ1CA7Ai-zetlId2hugsXk27BtlE4tOrsXThcUVgeqj8XOqy8XPjKf0NzVbNHRgSBIg7Q]

Baque do Tejo

Maracatu com o Baque do Tejo: ritmos percussivos e danças de origem afro-brasileira, típicos do estado de Pernambuco. Desde 2015 o Baque do Tejo se tem apresentado nas ruas de Lisboa realizando trocas culturais que alimentam a ponte entre Brasil e Portugal.

Ritmos Cholulteka

Vem do que era uma pequena cidade rural no México e anteriormente uma civilização nativa (Cholula). A mistura da raiz autóctone com os sentimentos populares sempre foi muito influente no curso musical e "bailanguero". Dando o resultado de querer intervir com o público com uma mistura dessas duas raízes para preenchê-los com CUMBIA em coração e alma, mas com o detalhe de amplificar a dança e o prazer com batidas eletrónicas, balcãs ou africanas. O ponto saboroso é ir ao redor do mundo lançando uma dança ao ritmo da interculturalidade.


Muamba Masala

MUAMBA MASALA (Brasil/Lisboa) é fruto do mais recente projecto musical de Júnior Araújo, após a passagem pelos ritmos quentes de Guerrilha Sound System e das viagens etnoxamânicas ao comando de Tropikaoz, surge a mistura entre os grooves da farofa carioca e o Swing picante vindo de África e oriente, onde a worldmusic apresenta-se como o elemento base e fio condutor de uma viagem sonora atrativa onde a dança é o único remédio.

xxxxxx MAIS ARTISTAS E INFOS EM BREVE xxxxxx

Date & Time: 

Saturday, 9 March, 2019 - 16:00

Category: 

  • bar/cafe
  • discussion/presentation
  • exhibition
  • film
  • food
  • music/concert
  • party

Price: 

  • by donation
Penha de França
Rua da Penha de França
217
1170-182 Lisbon
Portugal

Rua Penha de França217,LX

categories: 

  • bar/cafe / book shop/info shop/library / children's activity / course/workshop / discussion/presentation / exhibition / film / food / (free) shop/market / meeting / music/concert / party / theater / work space/diy

opening times: 

  • We open whenever we have events. This is not a living place or a business.